"A matéria-prima do poeta é a palavra e, assim como o escultor extrai a forma de um bloco, o escritor tem toda a liberdade para manipular as palavras, mesmo que isso implique romper com as normas tradicionais da gramática.
Limitar a poética às tradições de uma língua é não reconhecer, também, a volatilidade das falas". (Autor Desconhecido)
Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 21 de agosto de 2011

Mãe dos pais que perderam filhos.

Mãe dos pais que perderam filhos.

Quando dói a saudade em meu coração...
Quando me pego sem aceitar e entender...
Quando meu peito põe-se em aflição...
Quando tua lembrança me faz sofrer...

Quando fico com mil perguntas a fazer...
Quando minha fé tende querer desmoronar...
Quando fico humanamente a me responder...
E respostas concretas não consigo encontrar...

Quando a tristeza vem me abater
Volto-me a aquela mulher especial; Maria
Que aceitou o projeto de Deus sem nada entender
Sem questionar, doou-se a sua vida com alegria.

Maria, aquela que carregou no ventre a Luz
E nem por isto sua vida foi só de esplendor
Mesmo sendo a mãe do nosso salvador; Jesus
Teve ao colo morto seu filho; Nosso Senhor.
Ataíde Lemos

2 comentários:

Sonhadora disse...

Poeta

Palavras para deixar? Não as tenho e deixo apenas um abraço em silêncio.

Sonhadora

♥ THEBEST♥ disse...

PERDAS SÃO ETÉRNAS PORQUE VEM A SAUDADE NO CORAÇÃO CRIANDO RAIZ
PERMANTE UM FILHO QUE PERDI NUNCA MAIS VOU ESQUECER ESSA PERDA !!!!

Direitos Autorais

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro.
Todas as imagens, postadas aqui foram retiradas da Internet e por esse motivo suponho ser do domínio público. No caso em que haja algum problema ou erro com material protegido por direitos autorais, a quebra dos direitos de autor não é intencional.



Seu IP foi registrado - Grato pela visita!

IP